“Escolher o seu tempo é ganhar tempo.”

Francis Bacon

A Avaliação

É possível detectar a arritmia no consultório pela ausculta do coração, em associação com as queixas do indivíduo, mas há necessidade da realização de alguns exames cardiológicos para confirmar as alterações no ritmo e na frequência cardíaca e buscar suas causas antes de determinar o tratamento. Entre os recursos mais utilizados, destacam-se o eletrocardiograma, que mede atividade elétrica do coração, o ecocardiograma, um tipo de ultra-sonografia que pode identificar doenças cardíacas que estejam causando a arritmia, o teste de esforço, que investiga a saúde das coronárias e o comportamento do ritmo cardíaco durante a atividade física, e o holter, um eletrocardiograma de 24 horas, feito por meio de um gravador preso à cintura da pessoa, que permite ao médico identificar os episódios arrítmicos e relacioná-los com as atividades e com os sintomas descritos pelo indivíduo naqueles momentos.

Orientações ao Paciente

– Conforme os exames solicitados pelo médico.