runner-888016_1280

Correr ou caminhar? Na rua ou na esteira?

Para quem é sedentário e está começando a fazer atividade física, a melhor opção é a caminhada leve, que tem uma intensidade menor do que a corrida.

Com o passar do tempo, os sedentários que começam pela caminhada já podem se arriscar aos poucos na corrida, aumentando a velocidade gradativamente até encontrar o nível mais confortável. Se ainda faltar condicionamento físico, é melhor caminhar mais tempo do que correr.

E se a intenção é apenas ser uma pessoa mais ativa, a caminhada simples e leve já é suficiente.

No entanto, se o objetivo for emagrecer ou competir, por exemplo, é melhor optar pela corrida.

Lembre-se que antes de correr, é importante realizar uma avaliação médica criteriosa. A orientação de um professor de educação física também é importante para fazer um planejamento correto do seu treinamento. Se você, por algum motivo de saúde, não puder correr, deve ter em mente que caminhar num ritmo acelerado, durante meia hora por dia, já é uma medida efetiva para obter-se uma vida mais longa e saudável.

Independente do tipo de exercício escolhido, o importante é não ficar parado. Sabe-se que a atividade física reduz o risco de morte prematura por doenças cardiovasculares, diabetes do tipo II, reduz ainda a depressão e a ansiedade, ajuda a controlar o peso corporal, a reduzir a hipertensão arterial, a manter a saúde e o bom funcionamento do sistema músculo-esquelético, a melhorar a mobilidade e a promover o bem-estar psicológico.

Atualmente, recomenda-se que todo indivíduo realize pelo menos 150 minutos por semana de uma atividade física aeróbica, como caminhar, correr, pedalar, dançar, nadar ou praticar esportes de quadra, como futebol, vôlei, basquete ou tênis.

Copyright . Clinicordis . Todos os Direitos Reservados.